Primeira aula de Scrap (1)

Antes de mais nada, queria novamente pedir desculpas por não ter postado nada estes dias.

A correria anda grande porque tenho trabalhado o dia todo num atelier de restauro de papel, com a professora Vivian Busnardo (que eu já citei aqui), restaurando uns livros de 1870 mais ou menos, para um projeto do IPHAN (instituto de patrimônio histórico e artístico nacional) e a noite e nos finais de semana, tenho feito as minhas encomendas. O tempo anda curtíssimo.
Pra compensar, esta semana, vou fazer posts diários, até o domingo que vem, ok?

Falando em domingo que vem, a partir de sexta-feira, dia 01 de julho estarei em São Paulo com umas amigas para visitar a Mega Artesanal.

Alguém aí vai? : )

Bom, notícias dadas, vamos ao post de hoje!

------------

Gente, dei uma organizada no meu material aqui e resolvi mostrar para vocês as páginas de scrapbooking que eu tenho aqui em casa.

Como eu vivo falando para vocês que eu não sou "scrapeira (aquela que faz scrap)", vou mostrar para vocês projetos que eu fiz como aluna ou como assistente... bom, vocês vão ver.

Esta página aqui foi o primeira aula que eu tive NA VIDA de scrapbooking. Já sabia que gostava de tudo que envolvesse papel, é verdade, mas não tinha idéia de que isso existia.

Um dia, no começo do ano de 2008, passeando pelo bairro Batel dei de cara com uma loja chamada Scrappin´up e me encantei por tudo o que vi e logo marquei uma aula. Convidei uma amiga pra ir comigo (que aceitou na hora!) e lá fomos nós.

Nossa... ainda lembro de ficar super animada só de recortar as florzinhas que vocês estão vendo no projeto abaixo! E distressar o papel, então? Achei o máximo! Pra quem não sabe, distressar é o efeito que fazemos ao redor do papel para deixá-lo com um ar desgastado (como pode ser observado ao redor do quadrado de papel vermelho com bolinhas brancas).



E as bailarinas então, gente? (Bailarinas são esses detalhes em metal vermelho que foram usadas como miolo das flores)

Achei legal que a professora Daniela, assim como eu, havia largado a arquitetura pra trabalhar com outra coisa, no caso dela o scrapbooking. Eu, nessa época, ainda estava pensando o que fazer da minha vida...

Nem precisa dizer que eu e a minha amiga Ana Maria Kolitski amamos tudo nesta aula, né? Gostamos dos papéis, das técnicas e no meu caso, principalmente das ferramentas! aiaiai... quanta coisa nova! E quanto dinheiro ainda iria gastar (digo, investir) em tudo isso! Hehehe!

Depois até levamos as páginas pra faculdade pra mostrar pra todo mundo! : )

E como dizem, uma vez mordida pelo bichinho do scrap, isso vira um vício sem remédio!

Comentários

  1. Oi Mi!

    A minha primeira página eu também fiz lá. Esta em uma moldura aqui em casa. Scrap é um vício que faz bem pra alma (nem tanto pro bolso)! faça boas compras lá na feira e venha contar as novidades!
    Beijocas!
    Ro Miqueletto

    ResponderExcluir
  2. oi, rô! que super coincidência!
    pois é, acho q a primeira página a gente nunca esquece! hahaha! boa idéia a sua de colocá-la numa moldura!
    scrap pra mim é uma coisa que foi chegando aos pouquinhos e se instalou de uma maneira que já não tem proporções! : )
    pode deixar que te conto das novidades da feira!
    bjocas e boa semana pra vc!
    mi

    ResponderExcluir

Postar um comentário